U ma alternativa para atrair aves para mais próximo, é a instalação de comedouros próximos ao seu ambiente natural.

Na trilha dos tucanos é possível observar diversas espécies de aves, em diversos comedouros espalhados pela sede e arredores, que são abastecidos pela manhã e tarde, proporcionando alimento durante todo o dia, especialmente no inverno, quando há muita escassez de alimento na Mata Atlântica, atraindo espécies que habitualmente não frequentam os bebedouros em outras épocas do ano.

 

Se você se mover devagar e com muita tranqüilidade, as aves permitem uma boa aproximação. Aves acostumadas com comedouros e bebedouros passam a não se incomodar mais com as pessoas.
Todos os comedouros possuem poleiros próximos para as aves pousarem, tornando as fotografias mais naturais e um local para descansarem. Os comedouros principais são abastecidos com Frutas e raízes frescas, atraindo espécies frugívoras como: Periquito-rico (Brotogeris tirica), Tiriba-de-testa-vermelha (Pyrrhura frontalis), Sanhaçu-de-encontro-azul (Tangara cyanoptera), Sanhaçu-de-encontro-amarelo (Tangara ornata), Saíra-sete-cores (Tangara seledon), dentre outras.

Os comedouros secundários, são abastecidos com diversos tipos de sementes e grãos, atraindo várias espécies granívoras como: Pimentão (Saltator fuliginosus), Tico-tico-do-mato (Arremon semitorquatus), Trinca-ferro-verdadeiro (Saltator similis), Juriti-gemedeira (Leptotila rufaxilla), dentre outras. Também possui visão privilegiada, possibilitando tirar fotos das aves de dentro da sede, enquanto se aprecia um delicioso café da manhã.

0
Número de espécies que frequentam comedouros

Aves do Comedouro

*Informação baseada no total de espécies que frequentam e já frequentaram os comedouros no período de 12 meses. As frequências podem variar de acordo com estação do ano, clima e demais adversidades.